Design de Jogos


Meme – Como é a sua estação de trabalho?
março 5, 2008, 2:39 am
Filed under: Diversos | Tags: ,

Eu sei que estou atrasado, mas mesmo assim atendo ao convite do André, e coloco fotos e uma descrição do meu ambiente de “trabalho”.

 Digo “trabalho” pois, como sou freelancer, produzo muito coisa em casa mesmo. Como produzo para um monte de mídias e atendo diferentes pedidos, tanto em sua execução quanto em suas necessidades, acabei criando um verdadeiro estúdio em casa. Para que todos possam entender como a coisa funciona separei cada espaço em sua função e tentarei explicar o que cada imagem representa. Não reparem na completa bagunça, eu não tive tempo de arrumar as mesas para tirar as fotos e elas estão como se encontram agora. Bem-vindos ao calabouço do mestre, e conheçam minha “Mesa de redação“, “Mesa de escultura“, “Mesa de luz caseira“, “Central de entretenimento” e o “Grande armário do segredo“…

Mesa de redação 

É aqui que a maior parte do meu trabalho acontece. Como o computador poderoso não está sempre à minha disposição (pois o divido com o resto da família) uso o meu laptop para a maior parte de meus trabalhos. Isso me facilita pois possuo todos os meus arquivos e programas nele mesmo e posso trabalhar aqui, na empresa que me contrata, no escritório do cliente, na rua ou em qualquer outro lugar. Foi ali que nasceu meu livro, e é sentado ali que escrevo este (e a maioria) dos meus posts neste blog.

Mesa de Redação 

1 – Livros e mais livros. Ali geralmente ficam os livros que consulto com mais frequência. Na pilha agora estão (de cima para baixo): Artes do Videogame – Conceitos e Técnicas (Jesus de Paula Assis), A Jornada do Escritor (Christopher Vogler), Trigger Happy (Steven Poole), RPG e a pedagogia da imaginação no Brasil (Sonia Rodriges), A aventura da escrita e da leitura entre mestres de RPG (Andréa Pavão), Game design: Theory and practice (Richard Rouse), Video game art (Nic Kelman), The ultimate history of videogames (Steven Kent), uma National Geographic (Jul-2007) e The Art of Game Worlds (Dave Morris e Leo Hartas).

2 – Mais livros na parte de trás. Vale citar: Valor do Design (ADG), The Hero of a thousand faces e The power of myth (Joseph campbell), Film posters of the 50’s (Tony Mourmand e Graham Marsh) e seis revistas da gráfica Pancrom além de alguns catálogos de papéis e o livro de imagens do Corel 7.

3 – A minha humilde tablet da Genius. Muito boa pelo preço que paguei a uns cinco anos, mas agora jé estou buscando uma Wacom.

4 – O laptop em si. Nada de luxuoso, um Sempron de 1,8GHz com 1Gb de Ram. A proteção de tela é a galáxia M104, mais conhecida como Sombrero galaxy, fotografada pelo telescópio Hubble.

5 – A zona. Caixas com papéis, jogos, ferramentas (como um conta-fio e lupas) além da minha pilha de revistas atuais (geralmente Coputer Graphics, Digital Designer e EGM brasil).

Mesa de luz caseira

Quem me conhece sabe que eu dou um jeito em tudo. Uso essa mesa como prancheta de desenho e mesa de corte/montagem de mock-ups. Quando precisei de uma mesa de luz, improvisei, e eis aqui o resultado: 

Mesa de luz caseira

1 – A mesa de luz em si (repare no detalhe da caixa embaixo) serrei o tampo da mesa e coloquei uma caixa de madeira embaixo, onde instalei duas lâmpadas fluorescentes. Por cima depois uma fórmica branca e uma lâmina de vidro. Funciona muito bem, muito embora seja bastante forte e é sempre bom colocar uma folha a mais embaixo do desenho que estiver fazendo.

2 – O sistema de controle da inclinação da mesa é feito em três estágios: Plana (tijolo em pé), Inclinada a +- 45º (tijolo deitado), Inclinada a +- 80º (sem tijolo). Simples mas eficaz (o problema é limpar as aranhas que invariavelmente se instalam nos buracos do tijolo).

3 – Não me lembro o porque de ter esta vela ali. Achei bom citar.

4 – A zona. Embaixo da mesa agora encontram-se papéis, revistas e pastas com uma centena de desenhos, projetos e pastas de referências. Eu só sei onde achar algo ali quando realmente preciso.

5 – Nas gavetas ficam revistas de desenho, materiais de referência e ferramentas (esquadros, nanquim, tintas e compassos).

 Mesa de escultura

Eu poderia nomear esta mesa como “uso geral”, mas na maioria das vezes a uso para pequenas escuturas ou trbalhos de artesanato, como quando fiz um curso de ourivesaria era ali que criava minhas preciosas jóias (depois coloco fotos delas).

Mesa de escultura

1 – Livros. Nossa, como tenho livros! Aqui ficam mais uma dezena deles, geralmente os que li uma vez e retorno raramente. Também guardo aqui as revistas mais velhas de design e ilustração que poderão ser usadas no futuro.

2 – Potes com materiais tóxicos. Isso mesmo, ali tenho minhas químicas secretas para trabalhar com a massa de modelar. Aqui mantenho apenas os mais essenciais e em potes pequenos, pois os vidrões mesmo ficam na oficina no sótão da casa junto com as maquetes e todo o material de silicone e resina para fazer moldes.

3 – A zona. Pra variar, algum canto da mesa é tomado de papéis, caixas e ferramentas cuja localização encontram-se profundamente em meu subconsciente, prontas para me atender caso seja necessário.

4 – Miudezas para esculpir. Como todo bom escultor/modelista eu guardo uma tranqueira de pequenos objetos e peças que outras pessoas diriam ser lixo, mas são valiosas por suas qualidades plásticas que, devidamente cobertas com tinta base e várias camadas de pinceladas artísticas, podem transformar uma tampa de escova de dentes em uma turbina de nave, um suporte de caixa de pizza em uma mesa de taberna medieval. Só quem faz entende…

Central de entretenimento 

 A melhor parte do meu espaço, onde toda a mágica da computação gráfica pode ser exibida em uma tela de 17 polegadas e um som parrudo (para um PC) em pura diversão. Também é aqui que a maior parte do 3D ou do trabalho com Mods de Half-life tomam forma, pois o pobre laptop não aguenta o tranco. Também é aqui que o pessoal se reúne para varar a madrugada tocando Guitar Hero III… enfim, a melhor parte mesmo!

Centro de entretenimento

1 – Vista para o jardim, natureza é imprescindível!

2 – A caixinha mágica em si. Muito embora esteja já na hora de dar um upgrade este Athlon XP 2,4GHz, 1Gb Ram, 512Mb de vídeo em uma 8600 GT é uma verdadeira máquina. Considerando que todos os componentes são de altíssima qualidade. As placas todas são da Nvidia, a fonte é Seventeam e as memórias Corsair, tudo refrigerado por um cooler massivo que permite fazer overclock, além de todos os cabos serem do modelo redondinho. É um sistema lindo e sofre manutenção constante para o bom desempenho. Orgulho meu, mas em breve será substituído por algo ainda melhor.

3 – Aqui o meu exclusivo sistema de conforto tecnológico. Uma cadeira confortável que mantém o usuário relaxado. O teclado e mouse estão sobre uma prancha de madeira que é colocada no colo do usuário, permitindo o máximo de relaxamento e conforto durante o uso do computador.

4 – Embaixo do gabinete ficam bibelôs e lembranças de viagens. Ali umas latinhas de cervejas importadas.

5 – CDs e DVDs de backup ficam ao lado do monitor e facilmente acessíveis, usando um programinha de catalogação fica fácil achar arquivos antigos e assim o HD fica liberado.

6 – O som. Ahhh o som! Nada dessas caixinhas auto-falantes ou estes falsos sub-woofers, este antio rádio foi remodelado e adaptado para receber a saída de som do PC, e que potência! Cada tiro dos coreanos de Crysis pareciam penetrar na pele, cada nota da guitarra de Guitar Hero parece autêntica. Pegue o som velho que você tem na garagem e um ferro de solda e faça você também! Se sua placa de som for surround então você pode fazer um verdadeiro home-theater sem gastar R$ 50,00!

7 – Os jogos mais preciosos de minha coleção ficam ali, em suas caixas originais (as demais caixas, quando não são aquelas de DVD de plástico, são desmontadas e guardadas em uma pasta). Ali ficam todos os Half-Life, Beyond Good and Evil, The Curse of Monkey Island, Crysis, Heroes III entre outros.

8 – Mais bibelôs e lembranças. Uma foto da família, mais uma mega lata de cerveja e uma caveira de plástico. Ali atrás da foto ficam as chaves e pincéis para limpar o computador.

9 – A gaivota, sempre voando sobre nós. Ela é de madeira a fica suspensa por fios de nylon presos ao teto. As asas são separadas do corpo e quando bate um vento ela bate as asas. É muito bonito e relaxante, fico olhando para ela enquanto espero o loading entre uma partida e outra de Battlefield 2!

 Grande armário do segredo

Este armário tem este nome porque sua chave fica bem guardada em um local secreto. Assim, quando crianças inadvertidamente o encontram, não podem abrí-lo. Ele também tem esse nome pois aqui ficam guarados todos os documentos sobre a campanha de D&D que mestro faz uns sete anos. Além disso é um nome legal. O detalhe da foto mostra o armário fechado.

Armário dos segredos 

1 – Sobre o armário e longe do alcance de crianças encontram-se minhas espadas japonesas (de qualidade duvidável) e meus dragões cromáticos (só falta o verde) além de uma estatueta do lorde do terror: Diablo.

2 – As miniaturas em geral. Na estante mais acima ficam as maiores e mais preciosas (para o caso de uma criança, ao não encontrar a chave, quebrar o vidro, estas seriam as de mais difícil acesso). As quatro prateleiras abaixo estão separadas por facção, em cima a Caótica e Boa, depois Ordeira e Má, Ordeira e Boa e Caótica e Má. Embaixo ficam as maiores miniaturas sem distinção exata.

3 – Materiais usados para mestrar e jogar RPG. Meu grupo usa uma mesa coberta com um pano branco e sobre este uma toalha de ´plástico transparente. Assim podemos colocar papéis como mapas e fichas sob o plástico e usamos marcadores de quadro branco para anotar direto na mesa as modificações durante o jogo. Muito útil e qualquer espaço da mesa pode ser usado para anotar qualquer coisa.

4 – Os livros de RPG. A coleção de livros básicos de D&D 3.5 e outros, como a coleção de Os Reinos Esquecidos e a Trilogia do Fogo das Bruxas (muito bom, aliáis). Ah sim, e o Munchkin, você deve jogar munchkin!

5 – Minha pequena coleção de gibis do Conan e mais livros…

6 – Aqui ficam as pastas com manuscritos, mapas, fichas e anotações sobre minha campanha de RPG. Não posso revelar nada aqui além disso, e temo que revelar a localização destes documentos já tenha sido um erro >_> (repare no cofrinho azul trancado!)

Mais?!?

 Bem, é isso. falta mostrar aqui a oficina no sótao onde eu faço as minhas maquetes e trabalho com moldes de silicone e resina, mas lá sim está um caos total e não tenho nada acabado de verdade para mostrar. Espero que tenham gostado desse “tour” pelo meu querido espaço de trabalho. Deixo aqui links para alguns dos posts que me incentivaram a fazer o meu:

Tupinihon, Ponto V e Rodrigo Flausino.

O que está esperando? A alma de um Meme é ser feito por cada vez mais gente! Faça o seu e poste aqui pra gente ver!

Anúncios

8 Comentários so far
Deixe um comentário

Babei nesse armário do segredo!

Eu tenho poucas miniaturas, mas dezenas de livros de D&D e GURPS.

Você não tem um, mas vários espaços!! Super legal! 🙂

Comentário por vinigodoy

Nossa O_O Praticamente conhecemos todos os lugares relevantes da sua casa xD

Mas… o que é aquele Tablet? É um Tablet PC mesmo? É que ele parece tão fininho xD

E na parte de Entretenimento você esqueceu de comentar o que é o 9, aquele pássaro preto xD

E, faço coro com o Vini… que invejinha do seu armário de segredos! Tantaaaas miniaturas!

(e não esquece de postar mesmo fotos das jóias que você fez, ein!)

Comentário por Cindy "miwi"

Hehehe é verdade, só faltou mesmo o PS2 da sala e a geladeira da cozinha hahahahahaha.

O tablet é uma mesa digitalizadora, onde você usa uma caneta para mover a seta do mouse, e é muito útil no Photoshop ou Zbrush por ter, além da posição do mouse e detecção de clic, diversas gradações de pressão, e você pode fazer linhas e pintar de maneiras mais orgânicas. Aqui tem um bom review sobre elas: http://painting.about.com/od/digitalart/gr/GeniusMousePen.htm e são baratas ainda. Vi uma vez a 150 reais no centro do rio.
Já o número 9 do centro de entretenimento é:
9 – A gaivota, sempre voando sobre nós. Ela é de madeira a fica suspensa por fios de nylon presos ao teto. As asas são separadas do corpo e quando bate um vento ela bate as asas. É muito bonito e relaxante, fico olhando para ela enquanto espero o loading entre uma partida e outra de Battlefield 2!

Comentário por arhurt

Incrivel! o meu sistema de som é parecido com o seu 😀 realmente nada como um homebrew, as caixas de som do pc sao muito ruims, prefiro as antigas (e grandes) de madeira
Curti seu pequeno espaço 😉

Comentário por skhaz

Opa, depois de um mês que você postou suas estações de trabalho, estou comentando aqui! Cara, muito muito massa todas as estações! Ok, talvez eu tenha sido o único a reparar mas: há alguns anos atrás eu tinha o mesmo ventilador que está na foto da mesa de redação, que tem um timer que fica fazendo barulhinho e tanto em casa como no escritório eu tenho o crânio que está na central de entretenimento, afinal, raramente encontramos algo legal por apenas R$3 na banca de jornal!
Thumbs up!

Comentário por André Kishimoto

Fala André!

Pois é esse ventilador é uma barulheira só. E pra quê ter um timer barulhento se você não consegue dormir com ele ligado?
Eu queria ter comprado mais dessa caveira, depois dessa sempre confiro os primeiros fascículos dessas coleções. Como faço maquetes aproveito muita coisa, saiu um agora por 8 reais com um canhão de estanho em miniatura, que normalmente custaria uns U$10,00. Já comprei alguns me preparando para um navio que vou montar 😛

Comentário por arhurt

[…] do Disk Chocolate, venho mostrar os meus desktops também. Quem teve a oportunidade de ver minhas estações de trabalho sabe que uso vários computadores, e cada um é adaptado de acordo com as necessidades, mas sem […]

Pingback por Meme - Como é(são) seu(s) desktop(s) « Design de Jogos

doideira em… meio que uma semelhança comigo e alguns outros conhecidos… hahaha

Comentário por Rost




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: